sábado, 3 de março de 2012

ACIDENTE EM SERRA PRETA

A comunidade da sede de Serra Preta teve o desprazer de presenciar na tarde desta sexta-feira (02/03/2012) um triste acidente com um morador também da sede. Milton Santana Freitas de 32 anos mais conhecido como Tatá foi uma das vítimas do acontecido. Dois rapazes em uma moto chocaram-se com Milton que estava de bicicleta nas proximidades do curral da Fazenda Amazônia por volta das 17:30. O nome e a situação do piloto e do passageiro da moto ainda é desconhecida por parte da direção do blog, porém sabe-se apenas que residem no Ponto de Serra Preta (distrito da sede).
Após minutos de agonia por parte das vítimas, a comunidade dirigiu-se ao local para tentar prestar socorro às vítimas que ainda estavam à espera da ambulância.
Após a chegada da ambulância (em condições não muito boas, diga-se de passagem), foi feito o recolhimento das vítimas que foram encaminhadas para o distrito do Bravo. Depois de ser avaliado pelo médico de plantão no hospital do município no distrito do Bravo e foi constatado que havia fratura exposta no fêmur da vítima, Milton Santana Freitas foi encaminhado para Salvador onde teria seu problema teoricamente resolvido.
Ao chegar a capital a vítima foi totalmente desrespeitada ao ser rejeitado em três hospitais públicos. O primeiro foi o Hospital Geral do Estado (HGE), o nome dos demais hospitais ainda não chegou ao conhecimento da direção deste blog. Após a terceira rejeição, por auxílio da família e de amigos que se encontravam na sede e mantinham contato por telefone, foi dada a orientação para o retorno ao HGE onde o paciente teria o direito de ser recebido e internado. Assim foi feito e minutos depois da meia-noite a vítima foi internada. Milton Santana Freitas precisará passar por uma cirurgia para a total solução da fratura, porém já foi passada a informação de que no hospital em que está não será possível a realização da cirurgia, onde o paciente deverá esperar por um tempo ainda não determinado para a realização de tal. São situações como essa que nos leva a pensar onde está a ética, a moral dos médicos que juram em sua formação acadêmica que escolheram tal profissão para salvar vidas. São situações como essa que nos faz refletir o que é feito com o dinheiro público arrecadado por impostos. Será que todo esse dinheiro serve apenas para aumentar ainda mais o luxo da vida dos poderosos?  Onde está as melhorias? O humanismo dos médicos? Onde está o "GOVERNO"?
Por essas e outras atitudes a ridicularização eleva-se ainda mais no nosso país que é conhecido mundialmente por suas belezas naturais, por ser o país do futebol e do carnaval e onde tudo acaba em pizza.


Edição: Jhansen Barreto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão aceitos os comentários redigidos usando palavras ofensivas e de baixo calão. Comentários deste nível serão exibidos apenas quando o redator assinar pelo próprio comentário.

À direção.

Postar um comentário